Blog Imaginado

IT

Como dimensionar a infraestrutura?

Desde o início da digitalização, as tecnologias de informação têm subido ao pódio interno nas organizações, que, cada vez mais, dependem delas para alcançarem o sucesso.

A digitalização empurrou todos os processos de uma empresa para a era digital, facilitando e agilizando os processos. Esta alteração não só deixou o papel de parte como ampliou as possibilidades das empresas, fazendo-as crescer. 

Com o crescimento das organizações, surgem outros desafios relacionados com a escalabilidade, tolerância à falha, desempenho, alocação de recursos, segurança nos acessos, reposição de grandes quantidades de informação e eficiência energética.

O crescimento das organizações e do seu negócio causa um consequente crescimento e dependência das tecnologias de informação e comunicação, nomeadamente o número de aplicações informáticas, quantidade de dados armazenados, aumento e diversidade de equipamentos e necessidades de conetividade e mobilidade. Transversalmente a todos estes fatores está subjacente o fator risco e segurança. Esta dinâmica gera um conjunto de desafios que requerem uma visão holística e a adoção de soluções escaláveis, modulares e flexíveis permitindo uma mais rápida adaptação a novas realidades.

As exigências das organizações terão de ser satisfeitas de forma proactiva pois, caso contrário, poderão de alguma forma penalizar ou atrasar a estratégia do negócio.

Colocados estes desafios as empresas devem analisar e decidir de que forma devem crescer, ou seja, deverão apostar em opções internas ou em tecnologias baseadas em cloud computing.

Com a adoção de tecnologias baseadas em cloud computing aplica-se um modelo de recursos partilhados de modo a consolidar a infraestrutura e endereçar os seus desafios.

As tecnologias de virtualização têm como objetivo reduzir a infraestrutura levantando novas considerações ao nível das redes locais e de dados, segurança, backup e reposição da informação devido á dinâmica de um ambiente virtualizado. Num centro de dados esta abordagem pode trazer profundos benefícios, porque permite reduzir servidores físicos, portas de rede, cablagem, armazenamento, espaço, energia e custo, assegurando os níveis de desempenho.

Caso uma empresa decida apostar numa infraestrutura interna significa que terá total controlo dos recursos. Em alguns casos, em que as organizações têm requisitos estritos de segurança, conformidade ou legais, esta opção pode ser a única viável. Os negócios das empresas vão crescendo, o papel das tecnologias de informação para suportar esses negócios também. Em muitos casos a evolução das TI vai-se fazendo de forma ad-hoc condicionando o crescimento do negócio ou criando desperdício tecnológico. A arquitetura de TI e a existência de um perfil de arquiteto contribui para um melhor alinhamento entre as tecnologias e o negócio, pois irá planear a infraestrutura considerando as necessidades e especificações da empresa e do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Agosto 2020
S T Q Q S S D
« Jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Suporte
para clientes

SUPORTE PARA CLIENTES

É cliente Tecnologias Imaginadas? Precisa de ajuda? A nossa equipa assiste-o com suporte completo em todos os seus desafios informáticos.